Seis brasileiros são encontrados mortos em Santiago, no Chile

A suspeita é de que um vazamento de gás tenha ocasionado as mortes

Seis brasileiros foram encontrados mortos em um apartamento na área central de Santiago, capital do Chile, na noite desta quarta-feira (22). Os bombeiros chilenos suspeitam que a causa das mortes seja um vazamento de gás. Entre as vítimas está uma família de quatro pessoas da cidade de Biguaçu, em Santa Catarina, e um casal do interior de São Paulo.

Segundo a polícia catarinense, eles estavam na capital chilena para comemorar o aniversário de um dos adolescentes, que completaria 15 anos nesta sexta-feira (24).

De acordo com o Itamaraty, os parentes das vítimas que eram de Santa Catarina foram os primeiros a suspeitar que algo poderia ter acontecido com os seus familiares. Eles não conseguiram entrar em contato por telefone e, então, procuraram um delegado em Santa Catarina, que entrou em contato com o Consulado do Brasil em Santiago.

Um diplomata brasileiro recebeu a chamada e foi até o prédio onde as vítimas estavam hospedadas. Os bombeiros encontraram os seis corpos no apartamento, que tinha um forte cheiro de gás.

As autoridades ainda não sabem o que causou o vazamento nem por quanto tempo as vítimas respiraram o gás. O governo de Santa Catarina informou que está acompanhando as investigações das circunstâncias das mortes que estão sendo realizadas pelas autoridades chilenas.

Agência do Rádio

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *