O surgimento do Cinemascope nos anos 1950

O sistema Cinemascope foi uma tecnologia de filmagem e projeção, que utilizava lentes diferenciadas, possibilitando o uso da tela panorâmica com o uso de um só projetor.
Anteriormente só o sistema Cinerama, com três projetores simultâneos complementares, possibilitava o uso de telas largas nos cinemas, mas era caro, e usados só por grandes cinemas.
Com a chegada do Cinemascope, a imagem passava a ser comprimida horizontalmente na filmagem, e depois alargada novamente por lentes especiais na projeção, como se vê na ilustração abaixo.
Este sistema  foi utilizada entre 1953 e 1967 para a gravação de filmes panorâmicos, que iniciaram o formato moderno das telas de cinema. O Cinemascope era mais barato que o Cinerama, a qualidade era comparável, e ajudava o cinema a competir com a televisão, que estava em crescimento nos anos 1950.
Clique aqui para conhecer o grupo “Memória do Cinema”, criado por este portal no Facebook. Ao abrir a página, clique em participar do grupo.
cinemascope-side-by-side
O fotograma era comprimido horizontalmente na fita, e depois alargado por lentes especiais nas projeções.

 

Veja um documentário em inglês apresentando o Cinemascope nos anos 1950.

 

TRADUÇÃO:
O vídeo acima é em Inglês, mas é possível acionar a tradução automática em Português, que é imprecisa. Veja como:
1- Ao abrir o vídeo, clique no ícone central da engrenagem.
2- Vai aparecer ” legendas desativadas”. Clique de novo no texto e vai aparecer “inglês gerado automaticamente”.
3- Clique na flecha que está após o texto “inglês gerado automaticamente >” e vai aparecer “traduzir automaticamente”.
4- Agora escolha o idioma e clique em cima. As legendas aparecerão em Português, mas com tradução automática imprecisa.

Portal Memória Brasileira

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *