Mesmo com campanha de vacinação, crescem casos de gripe no Sul

Boletim da Secretaria da Saúde do Paraná informa que são 109 casos, com 31 mortes. Campanha de vacinação segue até o final do mês, e 69,19% do público-alvo foi imunizado.

 

A campanha de vacinação contra a gripe no Paraná mostra que 69,19% do público-alvo foi imunizado. Mesmo assim, os casos da doença seguem em alta. Boletim da Secretaria de Estado da Saúde informa que aumentou o número de casos confirmados e de mortes provocados pela gripe: são 109 casos, com 31 mortes. Na semana anterior o boletim apresentava 74 casos graves confirmados de Influenza com 22 óbitos em todo o Estado.As mortes foram registradas pelas Regionais de Saúde de Paranaguá, Foz do Iguaçu, Cascavel, Campo Mourão, Umuarama, Paranavaí, Maringá, Apucarana, Londrina, Toledo e Curitiba.

A Secretaria da Saúde insiste sobre a importância da vacinação contra a gripe. “A aproximação do inverno provoca aumento do número de casos e por isso reforçamos a necessidade de que o público-alvo estabelecido pelo Ministério da Saúde receba a dose da vacina que está à disposição em todas as unidades de saúde do Estado”, afirma a enfermeira da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização, Vera Rita da Maia.

Ela destaca ainda que a vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem evoluir para casos graves da doença, internações e óbitos. 

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começou no dia 10 de abril e segue até o dias 31 de maio. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 90% dos grupos de crianças com idade entre seis meses e cinco anos incompletos; gestantes; puérperas; idosos, povos indígenas, professores, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 20 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e policiais civis e militares.

AEN

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *