Quanta Diagnóstico amplia instalações em Curitiba e passa a oferecer todos os exames de diagnóstico por imagem em um só local

Investimento dessa quarta ampliação, em 15 anos, é na ordem R$ 24 milhões
A Quanta Diagnóstico por Imagem inaugura, no dia 7 de agosto, a mais nova ampliação em sua unidade no bairro Alto da XV, em Curitiba. Com a expansão, a quarta em 15 anos, a empresa passa a oferecer tecnologia para exames por imagem de todas as especialidades. O volume de investimentos aplicados nesta etapa, desde 2017, com aumento da área e aquisição de novos equipamentos, soma R$ 24 milhões. Para o investimento na ampliação, a empresa contou com recursos provenientes de empréstimos realizados junto ao BNDES e instituições financeiras privadas.
“A Quanta vem fazendo investimentos expressivos em Curitiba, sobretudo nos últimos dois anos”, informa o cardiologista e diretor geral da clínica, Dr. João Vítola. “Temos atraído pacientes de fora de Curitiba, sendo que 34% dos nossos atendimentos são de residentes de outros municípios.  Somos um dos únicos centros em nossa região a ter todas as tecnologias de imagem instaladas, de todas as especialidades, para diagnóstico e avaliação de doenças”, acrescenta.
Com as obras de expansão, a Quanta amplia o espaço físico de 2.100 m² para 3.000 m². A expectativa é aumentar também o número de colaboradores, dos 130 atuais para mais de 150. “A importância dessa expansão está na necessidade dos próprios pacientes que precisam de um aumento da oferta de exames na parte de diagnóstico”, destaca Dr. Carlos Cunha, médico nuclear e diretor clínico da Quanta.
Criada em 2004, Dr. Cunha lembra que a Quanta nasceu como uma clínica especializada em diagnóstico na área da medicina nuclear. Mas a empresa entendeu que a diversificação era importante e que havia uma sinergia relevante entre essa especialidade e a radiologia. “Essa junção de informações, anatômicas e funcionais, é muito importante para o paciente e para os médicos, para que definam a melhor conduta de tratamento. Esse se tornou o caminho natural para a empresa, assim, passamos a oferecer todos os exames de diagnóstico por imagem em um único lugar”, sintetiza.
A partir dessa nova expansão, a Quanta passa a oferecer ressonância magnética, ecografias, mamografias, raios X e densitometrias. Essa nova gama de exames se junta ao que a clínica já ofertava angiotomografia, cintilografias, tomografias, escore de cálcio, PET-CT e radioiodoterapia. Tudo em um mesmo local. “O que facilita, por exemplo, se houver a necessidade de comparação de um exame com o outro, e evita grandes deslocamentos”, considera Dr. Cunha.
Compromisso com qualidade de vida e com Curitiba
Dos 130 profissionais de diversas áreas em atuação na empresa, 30 são médicos. A filosofia de todos se baseia na preservação da vida. “Mais do que fazer exame, estamos contribuindo para o cuidado de uma pessoa, seja para melhorar a vida dela ou aumentar seu tempo de vida”, afirma o Dr. Vitola.
Assim, todo o investimento realizado em expansão da estrutura física e equipamentos tem como resultado o benefício da população de Curitiba, uma vez que a empresa está instalada na cidade. “Boa parte de nós é curitibana. Fiquei dez anos longe de Curitiba, a maior parte desse tempo nos Estados Unidos,  e voltei para minha cidade, meu coração está aqui”, lembra o cardiologista. “Poderíamos ter desenvolvido esse trabalho em qualquer outra grande cidade, mas Curitiba é um ambiente que nos recebe muito bem, recebe muito bem a inovação e investimentos feitos em qualidade, e a gente acredita ser um ambiente propício para o serviço que a Quanta oferece. E isso é reconhecido pela população.”
“Não queremos apenas realizar exames, queremos realizar os exames indicados apropriadamente, que tragam benefício comprovado para o paciente e para o médico, para que o médico tome a conduta do tratamento da forma mais adequada”, adiciona o Dr. Cunha.
Vocação para ciência e inovação
A clínica conta também com a Quanta Inova, um departamento dedicado à ciência e à inovação. A dedicação à pesquisa inseriu a empresa em 2012 no projeto Tecnoparque, hoje denominado Vale do Pinhão, criado pela prefeitura de Curitiba por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento S/A, para desenvolver um ecossistema de inovação na capital do estado, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população.
Há 15 anos, a clínica conta com uma equipe de especialistas que atuam constantemente em pesquisas para desenvolvimento de novos protocolos de avaliação de doenças.  Para o Dr. Vítola, essa vocação está intrinsecamente ligada ao fato de que os fundadores da clínica terem estudado em grandes universidades, reconhecidas internacionalmente. “Grande parte desses pioneiros foram treinados em universidades fora do país, parte nos Estados Unidos e parte na Europa, com residências e especializações, e essa cultura de valorização científica tem muita influência, notadamente, da parte acadêmica norte-americana”, constata. Ao retornarem ao Brasil, esses profissionais foram incluídos no corpo clínico da Quanta com a mesma filosofia, o que tornou o investimento em ciência e inovação algo natural.
Hoje, a empresa tem parcerias científicas com a indústria farmacêutica, que patrocina alguns estudos realizados por seus especialistas, e ainda com entidades como o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, ou National Institute of Health (NIH, na sigla em inglês) e a Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas (ONU). Esse modelo de trabalho, somado ao volume de médicos da Quanta que colabora em publicações médicas internacionais e é palestrante em diversos países, faz da empresa uma referência mundial em pesquisa e diagnóstico por imagem.

Expressa comunicação

 

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *