Pesquisa mostra que 71% dos e-commerces investem em SEO

De acordo com um estudo promovido pela empresa de gestão e terceirização Atento, 71% dos empreendedores do setor de e-commerce investem em estratégias de Search Engine Optimization, o SEO.

O analista de SEO é um profissional que opera uma série de boas práticas em um site, como linkagem interna, responsividade, palavras-chave, entre outros.

 

De acordo com um estudo promovido pela empresa de gestão e terceirização Atento, 71% dos empreendedores do setor de e-commerce investem em estratégias de Search Engine Optimization, o SEO.

A pesquisa foi promovida para compreender o que as empresas têm percebido acerca do comportamento dos consumidores e como as lojas virtuais estão se adaptando para cumprir essa demanda.

De acordo com representantes do setor, as características mais esperadas pelos clientes incluem preços competitivos, logística eficaz, navegação fácil e segurança. Porém, 42% deles dizem que precisam melhorar a taxa de conversão.

Justamente por esse motivo, o número de e-commerces que investem em SEO está se desenvolvendo cada vez mais. Essa prática, que busca alavancar o número de acessos de um site por meio de técnicas que melhoram seu posicionamento em sites de busca, como o Google, deve ser realizada por um profissional especializado.

O analista de SEO é um profissional que opera uma série de boas práticas em um site, envolvendo questões como tamanho e qualidade das fotos dos produtos, linkagem interna, responsividade, palavras-chave, entre outros.

O alinhamento adequado de todas essas ferramentas pode contribuir, ainda, para uma excelente comunicação no ramo da logística, que se destaca como uma das questões de maior preocupação por parte dos empreendedores. Outros desafios incluem os pontos de desistência e adoção de estratégias de retenção, além de um pós-venda de qualidade.

Nesse contexto, os empresários afirmam que o e-mail ocupa o primeiro lugar da lista de preferência dos canais de atendimento para cliente. A seguir, estão as mídias sociais, o chat, o Messenger, aplicativos, presencial, SMS e chatbot.

De acordo com especialistas do ramo, em um cenário digital como esse, é extremamente essencial que as empresas trabalhem cada vez mais com soluções baseadas em tecnologia analítica e, também, em inteligência artificial.

A intenção, com isso, é que as interações com o cliente, de fato, se tornem relevantes, sendo convertidas em uma melhor experiência por parte do usuário e, também, em vendas para os empreendedores em lojas virtuais.
Dessa forma, a partir do investimento em tecnologias diversas – como ferramentas que facilitam o pagamento ou permitem um monitoramento mais efetivo das mercadorias – é possível aproveitar as oportunidades de vendas com mais eficácia.

No caso do SEO, existe uma base de atividades definidas, de modo geral, em: pesquisas de palavras-chave, análise de métricas e SEO on-page e off-page.

Portanto, o analista de SEO deve ser capaz de avaliar volumes de buscas mensais de uma palavra específica; trabalhar constantemente com o Google Analytics, a fim de basear suas estratégias e decisões em dados; avaliar sites e propor otimizações, bem como monitorar e compreender quais são os conteúdos que podem ser compartilhados em outros sites, com o objetivo de alcançar um bom índice de linkagens externas.

Quem deseja se especializar na área deve ficar atento e acessar os principais conteúdos a respeito do assunto disponíveis na internet. Entre eles, está o site do analista de SEO Daniel Imamura, que atua na área de marketing digital com grandes empresas do mercado e oferece muitas dicas gratuitas em seu site.

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *