Partido de Witzel acata decisão do STJ e dá apoio a Cláudio Castro

Tribunal decidiu hoje manter afastamento do governador do Rio
O Partido Social Cristão (PSC), ao qual o governador afastado Wilson Witzel é filiado, se pronunciou em nota, nesta quarta-feira (2), dizendo acatar a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que manteve o afastamento dele do cargo por 180 dias.
Na mesma nota, o PSC ainda demonstrou apoio ao governador em exercício, Cláudio Castro, também filiado ao partido. Castro, que também é investigado por uso irregular de verbas.
“O Partido Social Cristão acata respeitosamente a decisão do Superior Tribunal de Justiça que mantém Wilson Witzel afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro. A legenda acredita que o governador legitimamente eleito em 2018, com mais de 4 milhões de votos, terá assegurado seu amplo direito de defesa. O PSC confia plenamente no governador em exercício, Cláudio Castro, e dará todo o apoio para que ele conduza o governo de modo a atender da melhor forma possível os anseios da população do RJ.”
Além de tentar reverter a decisão do STJ, podendo apelar ao Supremo Tribunal Federal (STF), Witzel ainda terá que lutar politicamente contra a abertura de processo de impeachment na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).
O governador é acusado de ter participado de esquema envolvendo desvios de recursos na área da saúde, o que ele nega.   *Agência Brasil

 

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *