Fábricas de móveis do Paraná são certificadas pela gestão ambiental

Ecoselo reconhece o nível de responsabilidade das empresas com a gestão ambiental dos negócios
Cinquenta e três fábricas de móveis de Arapongas e região receberam o Ecoselo, um certificado que reconhece o nível de responsabilidade com a gestão ambiental dos negócios. A certificação foi concedida pelo Centro Tecnológico de Efluentes e Resíduos (Cetec ONG) e Sindicato da Indústria de Móveis de Arapongas (Sima), por meio de auditorias realizadas pela empresa I9 Gestão. A iniciativa contou com a parceria do Sebrae/PR e Arauco S/A.
Neste ano, 19 empresas conquistaram a certificação na categoria Bronze, com índice de conformidade entre 70% a 79%; oito na Prata, com média de 80% a 89%; uma na Ouro, com índices de conformidade entre 90% a 100%; e 25 na Diamante, concedida para as empresas que atendem acima de 90% dos requisitos ambientais e desenvolvem projetos de responsabilidade social. O selo tem validade de um ano e poderá ser usado nas embalagens e materiais publicitários.
O presidente do Cetec ONG, João Angelo Tudino, destaca que, nesta edição, mais empresas conquistaram a categoria Diamante. Ele afirma que mudanças na documentação e na forma de destinação dos resíduos estão entre os principais avanços das fábricas que participam dos processos de auditoria para a certificação ambiental. Segundo ele, muitos empresários desconheciam a legislação e, com o apoio das consultorias do programa, conseguem colocar a empresa em dia e ficam livres de possíveis penalidades, multas e sanções.
“O Ecoselo traz visibilidade para o Polo Moveleiro de Arapongas e região. Além das grandes empresas, as pequenas, com ajuda do Sebrae, também participam e são certificadas”, argumenta. Todas podem usar a certificação como um diferencial na hora da venda e no marketing do negócio. Tudino diz que o setor moveleiro de Arapongas é referência para outros polos do País. “Quando tem feira de móveis aqui sempre recebemos a visita de representantes de outros polos e de órgãos do governo para conhecer o projeto do Ecoselo e da usina que recebe os resíduos das empresas”, comenta.
O presidente do Sima, Irineu Munhoz, enaltece que a cada ano mais empresas participam do processo de certificação e as que já possuem o selo sobem de categoria. “A certificação é muito importante para o polo, formado por empresas mais qualificadas e preocupadas com as questões ambientais”, analisa. Segundo Munhoz, a expectativa é de que, em 2020, a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) lance um selo nacional baseado no Ecoselo de Arapongas.

Para o consultor do Sebrae/PR, Rubens Negrão, as empresas que participam do programa, além de atender as exigências dos órgãos ambientais, conquistarem mais consumidores, transmitem aos seus colaboradores que são preocupadas com a sustentabilidade e também com a segurança deles, já que são requisitos para a certificação o aproveitamento de materiais, destinação correta de resíduos e uso de equipamentos de segurança, por exemplo. “O desempenho das empresas cresce a cada ano e o Ecoselo faz com que o Polo Moveleiro de Arapongas e região ganhe visibilidade nacional”, comemora.

A proprietária da Tok D’Art Móveis Artesanais, Margali Rodrigues de Silvio, diz que a fábrica participa do processo de certificação há três anos. Começou com a conquista do bronze, depois prata e, neste ano, levou o ouro.
“A meta para 2020 é conquistar a categoria Diamante”, adianta. A empresa, instalada em Cambé, produz móveis em alumínio há 18 anos. Com ajuda do programa conseguiu organizar a parte documental, assim como realizar a destinação correta dos materiais recicláveis. “Muita coisa a gente queimava e não destinava corretamente”, confessa. Hoje, os resíduos vão para uma ONG.
A Móveis Novo Estilo, que fabrica móveis planejados há 15 anos em Apucarana, conseguiu se manter na categoria Diamante, conquistada no ano passado.
“É uma satisfação receber o certificado que atesta que o negócio está em dia com o meio ambiente”, afirma o empresário Altair Costa de Freitas. Além de cumprir todas as exigências do programa, a fábrica realiza ações de responsabilidade social e ajuda entidades da cidade e região.
Empresas certificadas com o Ecoselo, em 2019:
Categoria Bronze: AJL Móveis, Ambientare Planejados, Baseflex, Bluen Espumas, Carppem, Classic Colchões, Estofados Maciel, Fratello Poltronas, Incoflex, KNR, Metalle, Móveis Belas Artes, Móveis Bussolo, Movemax, Móveis Vargas, Nell Móveis, Phoenix, Pirapó Estofados, Temda Estofados.
Categoria Prata: Aluminium Décor, Belimóveis, Destaque Movelaria, JBrito Madeiras, Majoka – Combinare, Marrom Móveis, Prorelax, Vitaflex.
Categoria Ouro: Tok D’Art.
Categoria Diamante: Albatroz, Artecouro, Caemmun, Colibri, Demobile, DJ Móveis (Sabáudia), DJ Móveis (Arapongas), D’Monegatto, Eccenza Décor, HB Móveis, Incorplac, Inusitta, Kit’s PR, Linea Brasil, Molufan, Moval, Móveis Lachi, Móveis Novo Estilo, Nicioli CD, Nicioli Indústria, Perfan, Poquema, Qmovi, Somniare Móveis (KYK), Vila Rica.

Sebrae Brasil

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *