Estados iniciam em maio primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa

 

Nesta etapa, somente serão utilizadas as vacinas com 2ml, que são bivalentes, com os vírus do tipo A e O

 

A primeira etapa da campanha nacional de vacinação contra febre aftosa começa em maio em 24 estados e no Distrito Federal. A previsão é de imunização de 216,6 milhões de bovinos e 1,4 milhão de bubalinos. O estado de SC é o único que não vacina mais, pois é considerado livre da doença sem vacinação.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento (Mapa) solicitou aos laboratórios a disponibilização de 218 milhões de doses de vacinas para serem utilizadas nesta etapa.

Os estados do Espírito Santo, Acre e Paraná são os únicos que vacinarão apenas animais jovens com até 24 meses de idade. Já o estado do Amapá fica fora dessa etapa, mas vacinará todo seu rebanho nos meses de setembro, outubro e novembro.

Nesta etapa, somente serão utilizadas as vacinas com 2ml, que são bivalentes, com os vírus do tipo A e O. A sua composição é diferente da utilizada nas campanhas passadas, especialmente para diminuir a formação de abcessos e, mantendo o mesmo nível de proteção dos animais.

“Os produtores devem estar conscientes do seu papel e fazer a vacinação corretamente, conservando a vacina na temperatura de 2 a 8 graus, aplicando, preferencialmente, debaixo do couro, na tábua do pescoço dos bois e búfalos”, alerta o diretor do Departamento de Saúde Animal e Insumos Pecuários do Ministério, Geraldo Marcos de Moraes.

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) deu início à campanha nacional de vacinação contra a febre aftosa 2019 em Uberaba, MG.

 

Ministério da Agricultura

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *