Confiança do empresário do comércio recua 1,1% em julho, aponta CNC

Na comparação com julho de 2018 a confiança cresceu 10,3%
O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), recuou 1,7% na passagem de junho para julho. Foi a quarta queda consecutiva, com o indicador atingindo 114,6 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, o menor patamar desde novembro de 2018, de 109,8 pontos.
A queda foi provocada, principalmente, devido à avaliação negativa dos empresários do comércio em relação às condições atuais, de 2,7%, com destaque para a situação atual da economia, de 4,1%.
As expectativas dos empresários também recuaram 0,4%, assim como as intenções de investimentos 0,8%. O único componente com alta foi a avaliação sobre os estoques, que cresceu 0,7%.
Na comparação de julho deste ano com julho do ano passado, a confiança do empresário cresceu 10,3%. Houve altas da confiança no momento atual de 17%, na expectativa, de 8,7%, e de intenções de investimento, de 7,4%.

Agência Brasil

 

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *