Com tecnologia EAD, as prefeituras vão ter capacitação nas próprias sedes

Dos 5.560 municípios brasileiros, cerca de 1800 terminaram o ano passado no vermelho, diante da situação econômica do País. As administrações tiveram queda de arrecadação pelo desemprego, que reduziu a renda da população. E também enfrentaram sérios prejuízos por falhas administrativas de suas próprias equipes, segundo os tribunais de contas. O despreparo de gestores e técnicos administrativos é um dos maiores problemas constatados pelas entidades de fiscalização dos municípios no Brasil.

Foi diante deste quadro, divulgado pelas entidades municipalistas, que a empresa de tecnologia Triton anunciou a ampliação de sua área de capacitação administrativa. Assim as prefeituras das cidades do interior vão ter a opção de realizar cursos com temas fundamentais para a administração. Com tecnologia avançada de Educação a Distância, qualquer cidade poderá oferecer treinamentos para os servidores, diretores, secretários e prefeitos, em suas próprias sedes municipais.

Nestes cursos, as equipes vão conhecer as oportunidades existentes para a obtenção de recursos, novas ideias para aplicar nas cidades, e a atualização em administração pública, para gerir melhor, evitando prejuízos e problemas com os órgãos de fiscalização. E também cursos de desenvolvimento pessoal, melhorando as habilidades dos grupos em várias áreas.

Também serão oferecidos cursos de gestão, criatividade, gerenciamento de cidades, oratória política, comunicação pública e a correta utilização das redes sociais na divulgação. Desta forma, qualquer equipe administrativa passa a ter a mesma possibilidade de capacitação e atualização existente nos grandes centros. Cursos de alto nível, com especialistas, vão chegar com qualidade de som e imagem a qualquer ponto. Com isso, equipes de saúde, educação ou esportes, por exemplo, também poderão ser treinadas para melhorar o seu desempenho, em benefício da comunidade.

A novidade mais importante é a total interação. Os participantes poderão ter contato direto, ao vivo, com os professores, porque o sistema de aulas é interativo. E assim as aulas tem o mesmo resultado do sistema presencial. E com baixos custos, pelo uso da tecnologia.

TECNOLOGIA POR FIBRA ÓTICA

O modelo já chega hoje a todas as regiões do Paraná através da tecnologia EAD, que utiliza fibra ótica. E será nesta região o início das atividades, que progressivamente estarão também em todo o Brasil. A empresa qualifica o sistema adotado como “presencial a distância”, ou ainda como Educação “SEM” Distância, já que a técnica é completamente interativa, com som e imagem HD

Exame

 

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *