Com organização administrativa, produtora rural reduz custos e melhora lucratividade

Recomendações de técnicos do Senar/MS proporcionaram economia de 10% em propriedade de Deodápolis.
Foi a partir da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Avicultura do Senar/MS, que a produtora rural Fátima Medeiros, de Deodápolis, conquistou, entre outras melhorias, uma redução de custos de 10% na criação dos animais. Com as recomendações dos técnicos, ela também conseguiu aumentar a lucratividade do negócio e a qualidade de vida de toda a família.

 

 

“A gente era meio perdido na administração em geral; não tinha muita noção das coisas. Quando o Senar apareceu, tudo foi mudando. Você aprende a administrar o financeiro, melhorar o manejo, controlar a gestão e onde vai gastar”, relata Fátima.
Também houve um bom avanço desenvolvimento nas questões envolvendo o ambiente de trabalho, por meio do Programa Qualidade Agro 5S, oferecido pela ATeG. A capacitação tem como objetivo passar todas as orientações técnicas para que os produtores adotem práticas para a otimização dos espaços da granja, além da limpeza, segurança dos funcionários e organização da propriedade, o que pode resultar na excelência das atividades de manejo.
“Fomos aprendendo aos poucos e pegando o jeito. Os consultores do Senar sempre nos orientaram com paciência. Fomos aprendendo a esperar, porque, às vezes, se apavorava. Fazíamos despesas desnecessárias, na hora errada. Com a assistência fomos trabalhando isso, e fazendo planilhas de custo. Muda tudo, até dentro de casa, o que faz diferença no final”, afirma.
Ela reforça que a transformação na propriedade e na vida de todos que estão ligados à ela, com todo o suporte do ATeG, é uma realidade. “Aconteceu, está acontecendo e vai acontecer ainda mais na minha vida. O Senar é uma entidade que não pode acabar nunca. Os cursos oferecidos dão retorno. No meu ponto de vista, o Senar deve ser permanente”, conclui.

Sistema Famasul – Leandro Abreu

 

Redação

Portal Brasil Empresarial: Notícias sobre a economia, o Brasil, empresas e empreendedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *